título

Apurados no concurso de ingresso à educação em Luanda são conhecidos nesta terça-feira

Os dois mil 650 candidatos apurados no concurso público de ingresso de novos professores ao sector da educação, para o ensino primário, I e II ciclos do ensino secundário, na província de Luanda, vão ser conhecidos nesta terça-feira, 24, com a publicação dos resultados.

Essa informação foi avançada à imprensa, na capital angolana, pelo director do gabinete provincial de Educação, Narciso Benedito, acrescentando que esse número corresponde à quota de Luanda e comporta professores de todas as disciplinas dos referidos níveis de ensino.

 

Recordou que o processo iniciou a 28 de Maio do corrente, para o qual foram inscritos 22 mil 467 candidatos, e que o exame de acesso foi realizado a 10 de Julho com apoio do suporte informático montado para o efeito.

 

“Fizemos o exame para o ensino primário e para todas as disciplinas do primeiro e do segundo ciclos. No final, submetemos todos os exames a um processo de correcção em que foram mobilizados professores coordenadores das respectivas disciplinas nas escolas e os coordenadores das disciplinas a nível da província”, disse.

 

Após a divulgação dos resultados, nesta terça-feira, os candidatos apurados serão submetidos posteriormente a uma fase de validação pelo Tribunal de Contas, frisou.

 

“Todos os candidatos apurados serão convidados a constituírem um processo de admissão, com a entrega de alguns documentos para completarem os seus processos, que posteriormente serão levados ao Tribunal de Contas para validação”, referiu.

 

Uma vez visados os processos no tribunal, explicou, os candidatos estão em condições de serem admitidos, mediante um acto administrativo do governador da província de Luanda, no caso de serem candidatos ao ensino primário.

 

Para o ensino secundário, é a ministra da Educação quem formaliza o acto administrativo de admissão.

 

“Consumado esse acto administrativo de admissão, os candidatos podem então, mediante um contrato de provimento de lugares, ser admitidos como professores para as categorias e disciplinas para as quais concorreram”, acrescentou.

 

O director provincial adiantou que o processo culmina a 26 de Dezembro de 2018, vindo depois o período de férias, que termina a 22 de Janeiro de 2019. Daí até ao fim de Janeiro haverá um período de preparação dos professores.

 

“Vão receber guias de marcha, os horários, nas escolas em que se vão apresentar, fazer a socialização com os professores que irão encontrar, de modo a que a 01 de Fevereiro de 2019 possam iniciar as suas funções”, concluiu.

 

Segundo dados do sector provincial da Educação, Luanda carece de cerca de quatro mil e 300 professores, situação que será minimizada com o ingresso desses novos docentes.

 

SAPO Angop/23-07-2018