título

Aulas de alfabetização abrangem mais de 11 mil cidadãos

Onze mil e 120 cidadãos de ambos os sexos foram alfabetizados de Janeiro a Dezembro do ano passado, na província do Zaire, o que representa um acréscimo de mil e 77 alfabetizandos em relação ao período homólogo de 2017.

O coordenador do Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar (PAAE) na província do Zaire, Aníbal João Rosa, que avançou a informação nesta quarta-feira à Angop, explicou que deste número, 522 cidadãos aprenderam a ler e escrever através do método “Gostar de Ler e Escrever”, ao passo que 3.598 restantes foram capacitados com o método “Sim Eu Posso”.

 

A fonte lembrou que desde 2007, data da implementação de aulas de alfabetização na província do Zaire já foram alfabetizados 134 mil e 338 cidadãos, dos quais 81 mil e 53 do sexo feminino.

 

Entretanto, o coordenador do PAAE na região informou que os 806 alfabetizadores controlados pelo seu sector nesta parcela do território nacional continuam privados de subsídios desde Setembro de 2015, após terem sido pagos os meses de Fevereiro a Agosto do mesmo ano.

 

O responsável, apontou a insuficiência do material didáctico com destaque para os meios áudio visuais como os principais constrangimentos com que o sector da alfabetização se debate a nível da região.

 

Acrescentou que a direcção deixou de beneficiar de equipamentos desde 2012, necessitando, para efeito, de pelo menos 90 televisores/monitores para o método “Sim Eu Posso”, 80 DVDs, 11 mil cartilhas, nove mil módulos um, dois e três, assim como 18 painéis solares, entre outro material.

 

Subdivida em seis municípios e 25 comunas, a província do Zaire conta com uma população estimada em 549 mil e 428 habitantes.

 

SAPO/Angop

16.01.2019