título

Com a leitura a memória torna-se mais fértil - Ras Nguimba Ngola

Ras Nguimba Angola é presença frequente na TV a recitar ou simplesmente a recomendar livros. É um dos fundadores do Movimento Lev'Arte e, por isso mesmo, uma adequada referência para falar de livros, literatura e cultura e da importância dos mesmo na "arrumação da bagagem" de um estudante.

Ras Nguimba Ngola afirma que descobre o mundo por meio da leitura. "A leitura tem grande importância na vida de Eu e Eu. Eu e Eu é resultado das leituras. Por meio da leitura identifico-me com o mundo e com as coisas, por meio dela aprendo a comunicar que é uma habilidade que adquirimos e aperfoiçoamos ao longo da vida e por meio da leitura", confessa em entrevista ao SAPO.

Entrar na faculdade já com uma bagagem literária, é entrar melhor preparado. Uma das consequências disso será a maior facilidade que o aluno terá em apreender e lidar com as diversas matérias dos cursos a estudar.

" O contacto com a literatura, corresponde o envolvimento e a implicação do leitor no processo de leitura. Este, por sua vez, desencadeia hábitos de reflexão, de interrogação e de crítica. Tem mais facilidade em relacionar assuntos e facilita grandemente o aprendizado. A memória torna-se mais fértil", afirma.

Aos alunos que vão iniciar uma nova caminhada académica, Nguimba Ngola recomenda a leitura de "Fundamentos da Metodologia Científica" de Eva Maria Lakatos e Marina Marconi por acreditar ques este é um bom livro para o estudante começar desde cedo a ganhar o gosto pela pesquisa e pela investigação e assim, aprimorar também a sua técnica de trabalho.

Para terminar, Ras elencou o seu top 5 de livros lidos. São eles:

1. Hábitos da Mente – James W. Sire
2. Inquisição Poética – Rogério de Almeida Freitas
3. A África que incomoda – Carlos Moore
4. O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder
5. Clandestinos no Paraíso – Luís Fernando