título

Empresários, formadores e estudantes juntos na 1.ª edição da Feira “Angola Educa”

Arrancou esta sexta-feira na Mediateca de Luanda a primeira edição da “Angola Educa”, Feira de Educação que resulta da sinergia entre a Educartis, PSO e a rede de Mediatecas de Angola. Uma actividade que visa encurtar a distância entre formadores e formandos.

Cursos de inglês e de programação, “talks” com profissionais de relevo no universo corporativo, workshops sobre “Como Comportar-se Numa Entrevista de Emprego” ou “Como Fazer Devidamente um Currículo”, simulações de entrevistas, bem como exposição de produtos e serviços são algumas dinâmicas de destaque que estão a servir de ponte para a partilha de experiências entre professores, empresários e as dezenas de estudantes que não quiseram perder a oportunidade de prestigiar a cerimónia de abertura da feira.

 

“Esta actividade é única para nós, acho muito importante as empresas e demais instituições formativas brindarem-nos com toda a sua experiência. Esta é certamente uma maneira única de se criar estudantes mais preparados para o mercado de trabalho, ainda mais num universo tão competitivo. Acabamos por aprender na prática o que só lemos nos livros ou em artigos na Internet. Estou muito feliz por fazer parte desta iniciativa!”, declarou Almeida João, estudante do curso de Gestão de Empresas.

 

Por outro lado, Manuela Kuleba, que falou em representação da feira, manifestou a sua alegria na concretização da ideia e deixou no ar a vontade de a Educartis expandir o projecto para demais províncias do nosso país.

 

“Queremos uma educação mais próxima para os jovens dos 18 aos 35 anos, eis a razão pela qual criámos a plataforma Educartis, que deu mote a esta feira. Os participantes podem beber daqui várias experiências, por isso, criámos áreas específicas e apropriadas para o aconselhamento ou a troca de conhecimento entre estudantes e profissionais de distintos ramos. Esperamos dentro em breve realizar a segunda edição, o balanço está a ser muito positivo, e reunir 40 empresas já na primeira edição é mais do que um ganho para todos nós”, disse.

 

De realçar que BFA, Fabrimetal, ZAP, NCR, Libongo, Nuvi Group são algumas das empresas que abraçaram a actividade cujo encerramento está agendado para este sábado, dia 22 de Setembro, às 18 horas.

 

SAPO/Edmilson Scuman

21.03.2018