título

Marrocos: 25 mil jovens africanos formados no quadro da cooperação marroquina com a África

Vinte e cinco mil jovens de 47 países africanos, entre os quais Cabo Verde, foram já formados nas diferentes áreas de ensino no quadro da cooperação entre o Reino de Marrocos e a África.

Uma revista da Agência Marroquina de Cooperação Internacional (Amsi), a que a Inforpress teve acesso, indica que desses 25 mil estudantes, 13 mil foram diplomados nas ciências jurídicas, económicas, humanas e sociais, enquanto dez mil formaram-se nas diferentes áreas de engenharia e outras de cariz científico.

 

Outros dois mil jovens foram licenciados em clínica geral e especializaram-se em algumas áreas de saúde.

 

Cinco mil quadros do setor publico de mais de 30 países africanos beneficiaram já de estágios de formação em Marrocos, em áreas como diplomacia, justiça, água, eletricidade e agricultura.

 

Marrocos, através da Amsi, intervém em mais de uma centena de países, 46 dos quais africanos.

 

Além da formação académica e profissional, a cooperação internacional do governo de Marrocos incide ainda na cooperação técnica, apoio a projetos de desenvolvimento humano durável e assistência humanitária.

 

A Amsi, coordenada pelo ministério marroquino dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional, foi criada em 1986 para reforçar a cooperação internacional do reino de Marrocos, com enfoque na promoção da cooperação Sul-Sul.

 

Com uma área geográfica de 446.550 quilómetros quadrados e com mais de 33 milhões de pessoas, Marrocos é um da região do Magrebe, no norte da África e tem como capital a cidade de Rabat.

 

SAPO c/ Inforpress