título

Ministra quer diálogo permanente no ensino superior

A ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Sambo, defendeu, em Luanda, a imprescindibilidade do diálogo entre os actores do subsistema do ensino superior do país.

A governante fez este pronunciamento durante a abertura do 2º Conselho Nacional do Ensino Superior.

 

O diálogo constitui, segundo Maria do Rosário Sambo, uma importante fonte para auscultação, reflexão e debate para a tomada de decisões que se impõem no que respeita à definição das políticas do sector.

 

Para o efeito, o Ministério Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) tem dialogado com o Sindicato dos Professores do Ensino Superior para procurar soluções possíveis para as revindicações apresentadas.

 

A ministra reiterou que a formação e capacitação dos gestores de recursos humanos tem merecido também especial atenção por parte do sector, com a realização de várias acções especificas nas instituições de ensino superior, bem como uma acção formativa mais elaborada com apoio dos ministérios da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social e das Finanças.

 

Quando ao estatuto remuneratório da carreira docente do ensino superior, a ministra informou que está em fase de finalização para ser submetido ao Conselho de Ministros.

 

“Esse estatuto tem sido tratado de forma simultânea com os estatutos remuneratórios de outras carreiras, incluindo com a do investigador científico e do pessoal técnico de apoio à investigação científica e à docência”, finalizou.

 

SAPO/Angop