título

5 mitos sobre dicas de sobrevivência que… podem matar

Publicado dia 06 de Outubro de 2014 Voltar à página de Curiosidades

Um pesquisador norte-americano, Neil Strauss, lançou o livro “Emergency: This book will save your life” (traduzido em português, Emergência: Este livro vai salvar a sua vida) com o objectivo de mostrar os dez maiores mitos sobre sobrevivência, que sempre ouvimos falar, seja por terceiros ou mesmo em filmes, e que nos podem matar.

Mito: Perdido numa montanha gelada? Comer neve pode garantir que continua vivo.

Realidade: Comer neve vai baixar a temperatura do corpo, logo vai gastar ainda mais energia para funcionar. Além disso, a neve pode congelar o estômago. A solução é simples: derreter neve e depois bebê-la!

 

Mito: Se for atacado por um tubarão, bater-lhe no nariz pode ajudar

Realidade: Se bater no nariz do tubarão, há mais chances de se magoar nas mãos do que ao animal. Para evitar, ataca os olhos e as guelras. 

 

Mito: Mordedura de cobra? Sugue o veneno. 

Realidade: Sugar o veneno, se tiveres uma afta ou gengivite, pode ajudar com que este se espalhe pelo corpo muito mais depressa. Opção correcta seria lavar a área afectada com sabão e água, o que vai abrandar a contaminação. 

 

Mito: Esfaqueado? Remova de imediato o objecto.

Realidade: Jamais faça isso! Não toque no objecto e ligue para os serviços de emergência. Evite se mover!

 

Mito: Se estiver perdido num deserto, beba água de cacto

Realidade: Só vai conseguir tirar algumas gotas, que serão amargas e causarão vómitos e cólicas.

Partilhe: Facebook Twitter